13 Agosto 2015

up! TSI turbo

A formiga atômica da Volkswagen chegou

As fabricantes de veículos no Brasil precisam cumprir, até 2017, metas de consumo e emissões impostas pelo Inovar-Auto -- regime automotivo proposto pelo governo federal desde 2012. Uma das chaves para isso é investir e em soluções tecnológicas para que motores menores gerem mais potência, consumindo menos.

O up! TSI terá o novo motor oferecido em todas as versões do up! menos a Take. E ainda conta com o lançamento da versão Speed, uma versão especial para o lançamento do motor TSI.

Estar no banco do motorista do Up! TSI é como um bom thriller de ação. Nada de drama, mesmo em situações delicadas para um motor 1.0. Os acréscimos de torque e de potência garantem bom desempenho em subida, o cenário mais temidos por donos de “carro mil”.

Na estrada, as retomadas fazem o motorista se sentir em um filme de aventura, em que o protagonista magro e com aparência de intelectual supera desafios quando confrontado. O Up! TSI pode surpreender rivais até de motor 1.8, com retomadas rápidas e agilidade.

E o melhor de tudo é que as explosões do motor soam bem baixinhas para quem está dentro do carro – ninguém quer sistema de som surround para ouvir o barulho que vaza do capô. Neste sentido, as rotações menores do motor turbo ajudam bastante, principalmente para um 3 cilindros.

De acordo com a fabricante, a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em pelo menos 9,1 segundos, contra 12,4 segundos do modelo aspirado. A velocidade máxima subiu de 165 km/h para 184 km/h, em medições feitas com etanol, mas, chegando perto deste limite, o Up! perde estabilidade, possivelmente por ser muito leve (a partir de 950 kg).

Venha até a Japel realizar um best drive.